Mastodonte: História da humanidade
Hoje, parte da história de Campina Grande


A construção do hoje CTC Mastodonte foi totalmente alterada do projeto iniciada nos anos 90. O projeto consistia na construção de um hotel, mas durante as escavações para fundar o alicerce da obra foram descobertas ossadas gigantes que mudaram todo o foco do empreendimento.

Após alguns estudos e mais escavações descobriram que ali era um potencial espaço para estudos paleontológicos, pois acumulava-se grande quantidade de fósseis de animais pré-históricos, mais especificamente da era Pleistocênica.

Percebendo a importância daquela descoberta, o empresário Dagoberto Genésio da Silva começou a construir um complexo que abraçasse todo o potencial da região. Ele conseguiu, com base na Lei Federal 9.970/99, pleitear junto ao Ministério da Justiça a qualificação do Instituto Dona Carminha como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público. O pleito foi atendido em 2006, através do Certificado OSCIP MJ 08071.000515/2006-81. Foi então que a cultura, o lazer e a preservação, se tornaram alvo deste importante empreendimento.

O Centro Turístico e Cultural Mastodonte foi inaugurado no dia 14 de maio de 2011 e hoje faz parte da história de Campina Grande.